segunda-feira, 7 de março de 2011

     Se, ao acordar, posso escolher uma roupa, posso escolher também o sentimento que vai vestir meu dia. Se, no percurso, posso errar o caminho, posso também escolher a paisagem que vai vestir meus olhos. A mesma articulação que tenho para reclamar, tenho para agradecer. E, se posso me adornar com a alegria, não é a tristeza que eu vou tecer.

 (M. de Queiroz)









Um comentário:

  1. Oi Florzinha quanto tempo, dei uma sumida, mais aqui estou eu de volta alias amei o novo visual do seu blog ta um luxo rsrs. amei esse post parabéns e valeu pela visita.

    XOXO

    ResponderExcluir

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.