quarta-feira, 13 de abril de 2011

Espero...



     Viro as páginas do meu diário lentamente... Me seguro para não voltá-las e não relembrar tudo o que levei tanto tempo para esquecer... todo aquele passado, me doi saber que tudo que era a minha vida naquele momento foi por água abaixo e não sei se no presente ou futuro viverei algo parecido, era bom, mas hoje é doloroso de mais, e é pior que o imaginado, a saudade me assombra e não me deixa em paz, é como uma ferida incicatrizável, eram belas palavras acompanhadas de míseras atitudes... mas seus olhos me hipnotizavam, me enganavam traiçoeiramente, porem são os mesmos que eu vejo toda a noite em meus sonhos, sua voz que sussurrava enganosamente tantas palavras bonitas era a mesma que mais tarde fez meu mundo desmoronar, meu chão desaparecer... ainda a ouço suave e me pego sorrindo, olhando para o nada...  logo a realidade me chama para esse mundo frio e inconstante, é como se eu ainda estivesse dormindo, presenciando o pesadelo de todas as mentiras e desamores, não é possível que isso nunca vá acabar. A solidão é triste...porem o medo é insuportável de que todas as decepções se repita, onde mudará apenas o personagem...


Inspire Me..


     Creio que seja o Outono... folhas que caem, vento que balança as estruturas... Preciso acreditar que seja apenas uma fase e que a saudade sufocadora vai passar e o vazio vai ser preenchido com algo que realmente valerá a pena... É só questão de tempo...
                  Assim espero... 
                               espero...                                                        
                                       espero...                                         
     Sempre com aquela esperança de que tudo irá melhorar nessas páginas em branco que eu ainda hei de preencher!!

(Mariana Reis)

Um comentário:

  1. Oi Flor, passa la no meu blog e leve os selinhos que eu deixei pra você...
    BeijO Sah♥

    ResponderExcluir

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.