terça-feira, 15 de novembro de 2011

Amor... amor...

Amor, tem poder de modificar e deprimir nossas vidas.
E foi Shakespeare que disse: "O amor é cego".
Isso é uma coisa da qual eu tenho certeza.

Para alguns de maneira inexplicável o amor começa por charme;
Para outros, o amor simplesmente se perde; 
Por outro lado, claro, ele pode ser encontrado, mesmo que por apenas por uma noite;
E há também um outro tipo de amor. O tipo mais cruel, aquele que quase mata suas vítimas, ele se chama Amor Não Correspondido.
A maioria das histórias de amor é sobre pessoas que se apaixonam uma pelas outras. E os que se apaixonam sozinhos? Vítimas de uma relação de mão única, a maldição dos apaixonados, os não amados, os que caminham feridos, os deficientes, sem direito a uma vaga exclusiva...


(trecho do filme "O amor não tira férias")

2 comentários:

  1. Nada pior que um amor naum corespondido...

    ResponderExcluir
  2. Coisas do amor...
    Uns sofrem enquanto outros VIVEM de amor.

    ResponderExcluir

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.