sábado, 18 de agosto de 2012


"Em que acreditar quando as possibilidades estão no mesmo patamar?"

As dúvidas são cruéis e poderiam ser desnecessárias caso o destino se encarregasse de fazer o seu coração palpitar ao ouvir o nome, daquela moça simples e delicada, assim como o dela o faz ao ouvir o seu. 
Busque e leve-a para a casa,  retire-a dessa dor angustiante de estar distante de ti, por mais que a imaginação seja competente, não substitui o que os olhos podem contemplar ao estarem juntos...

(M.R.A.)

Um comentário:

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.