segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Querido Diário


Estou cansada demais para preencher as suas linhas vazias, vou deixá-las assim, pois é como me sinto.
Uma folha em branco que contemplou um pingo, dispensável, de tinta preta. De repente tudo fica cinza e sombrio, os dias se passam sem emoção, sem expectativa, sorrateiramente... Fecho os olhos mais uma vez, pego a caneta e espero o rotineiro e infeliz exaurir das palavras.
(M.R.A)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.