sábado, 10 de novembro de 2012

Refém do fim


Um belo dia, então, acordei refém daquela horrível sensação de que estava esquecendo alguém.

(Saulo Pessato)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.