sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

É tão... triste...

É tudo tão triste que o sorriso perde a alegria, o sonho vira ilusão, o coração já não passa de uma pedra pesada e gelada, oca. Por fora uma nuvem cinza ou um pão bolorento,  por dentro, destroços envolta de uma sementinha verde, talvez seja fruto ou o que restou da esperança prestes a ressurgir, não sei, nessa altura do campeonato isso não chama tanto a atenção e não tem a sua devida importância, deveria ter, mas é tudo tão triste.


Isso é vida? Ou viver seria o contrário do descrito? Algo colorido, que transpira felicidade, oportunidade, fé.


Não é vida, não é sonho. É solidão, e te destrói. Indícios de saudade quem sabe... Abra os olhos, da alma, e veja esse pontinho verde quase embaixo dos seus pés, não o pise, adube-o independente do que seja, se fizer com carinho crescerá bom. Até  o cinza, o preto são cores, por certo contém suas tristezas, não nego, porém como reconheceria quão bom é ser feliz, sem a tristeza?


Mas lembre-se ser triste também é triste... mude de ângulo, observe as oportunidades e não se puna, o tempo se encarregará disso. Desfrute do que possui e vá em busca das metas que um dia foram traçadas, se permita ser feliz, mesmo que só tiver uma pequenina coisa na vida. Jamais deixe que a sementinha que existe em você desfaleça.

(M. R. A.)


Um comentário:

  1. Oiii :D
    Adorei o seu blog te adicionei me adiciona também http://saosopalavrasss.blogspot.com.br !!!
    Abração e bom final de semana

    ResponderExcluir

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.