quinta-feira, 4 de abril de 2013

Ironia do maldito destino...

Tudo parecia tão perfeito, na minha cabeça...
Seu jeito tão encantador, coisa rara.
Amor à primeira vista, maldita vista, essa que me fez cair de cabeça em um amor platônico.
Maldito triângulo amoroso...
As pessoas comprometidas deveriam s
er obrigadas a não se comunicar com nenhum solteiro, usar a aliança na testa e não no dedo. Mas, usá-la, independente do tipo de relacionamento que tivesse.
Isso confunde os solteiros, as solteiras, coitadas destas, são as que mais sofrem, se iludem achando que encontrou "aquele" que sempre esperou, se apaixona primeiro e depois que seus filhos já possuem até nome em sua cabeça, descobre que outra não sonhou, agiu já ha alguns anos atrás e os dois adormecem agarradinhos a noite.
Ironia do destino cruzar duas pessoas, e apenas uma delas sonhar, apenas um coração a palpitar, uma mão suar... Ironia desse destino brincalhão e intrometido que apresenta um solteiro à um comprometido.

(M.R.A.)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.