sábado, 27 de julho de 2013

BABACA


Foram tantas vezes assim, você fazia o que queria de mim. 
Hoje avisto você de cima e não pinta mais aquele clima,
A chama se apagou, os planos, o amor, a admiração se acabou,
Não tenho raiva, não sinto nada, por você ter sido um babaca.
Se você está no caminho eu não noto.
Mas, pra namorado não ganha o meu voto.
Já passou, já se foi. Só tenho a agradecer por  não me envolver.
Tudo muda, passa, evolui. 
Os tênis desbotados hoje são saltos. 
E se estiver no caminho, meu bem, não respondo por meus atos.


(M. R. A.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.