terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Que drama...

Que drama este coração!
Aperta, chora, se agarra no presente já passado. 
No presente tinha, tinha... tanto medo....
Medo de que o dia de hoje chegasse. Chegou! Agora faz o maior dramalhão.
Fica a mercê, se expõe, corre atrás e quase se destroça na contramão.

Que isso coração?
Para que este drama?
Você é coração de uma dama!
Tira esse r rouco que te rasga o riso na vertical.
Pra que isso, coração?

Na contramão não adianta, já passou. Agora é perigoso dar ré.
Segue  adiante, coração... 
Quem sabe você descansa um pouquinho no "ri", no "ro" e toma finalmente seu rumo.
O que estava lá atrás, já te ultrapassou faz tempo na superação dos obstáculos.
Não se apegue na estrada passada, ela fazia apenas parte do percurso.
Aproveite os próximos passos... Não se lamente tanto, não perca a noção.

Fique de olho na direção e...
Chega de drama, coração!

(M. R. A.)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Demonstre-me seus sentimentos com palavras, ficarei lisongeada em lê-los.